NOTÍCIA
  Publicada em 24/05/2017  
  Representantes da Manos Unidas da Espanha realizam visita ao CAV

Visita a propriedades em Inácio Felix - Minas NovasA organização Manos Unidas esteve pela segunda vez no Vale do Jequitinhonha (MG) visitando o CAV para acompanhar a execução de projetos por ela apoiados. A visita, que aconteceu nos dias 09 e 10 de maio, teve enfoque nas ações do programa de fortalecimento das feiras livres, principalmente em relação a organização associativista e a agroecologia. 

Já no primeiro dia, o Sr. Francisco e o Sr. Lucas, que vieram representar a ONG espanhola, realizaram uma reunião na sede do CAV para dialogar sobre o andamento do projeto que está em curso desde 2014. Este projeto beneficia várias associações de feirantes da região, inclusive, a de Turmalina, onde contribui desde então para a manutenção de um técnico em agropecuária para prestar assistência produtiva aos sócios. Na oportunidade, visitaram a sede da AFTUR (Associação Municipal dos Agricultores/as Familiares Feirantes de Turmalina) e o mercado municipal.

Eles também estiveram no município de Minas Novas, na comunidade rural de Inácio Félix, para conhecerem de perto a experiência de famílias feirantes. A Sra. Maria Aparecida, mais conhecida como Côca, junto de seu esposo José Maria, os receberam em sua casa com muita alegria. Da mesma forma, foram recebidos na propriedade vizinha pelo casal de agricultores José Pires, conhecido como Dadi, e sua esposa Cleide. Nas duas propriedades os visitantes puderam visualizar os diversos apoios oferecidos pelo CAV aos agricultores (as) como a barraginha, incentivos produtivos por meio da assistência técnica, do fundo rotativo solidário, o acesso a motocultivadores, o incentivo à agricultura orgânica, entre outros.

No último dia, os visitantes se reuniram com representantes de 06 associações de feirantesReunião com feirantes no Centro de Formação e Experimentação do CAV. Eles ouviram dos agricultores (as) os avanços e os desafios do trabalhado realizado. O fortalecimento das associações, a ampliação do conhecimento dos agricultores (as), a sensibilização para com as questões ambientais, sociais e políticas, assim como o processo de certificação orgânica da produção foram avanços de grande destaque. Mas desafios também foram identificados, como o apontado pelo agricultor Sr. Vicente de Paulo, de Veredinha: “Nosso maior desafio hoje é sensibilizar mais pessoas para que se junte a nós nessa luta”.

A avaliação final da visita feita pela Manos Unidas foi bastante positiva, com relatos de significativos avanços em relação à primeira vez que vieram ao Vale, em 2013. Este é o terceiro projeto que o CAV desenvolve em parceria com esta ONG da Espanha, que deverá se encerrar em agosto de 2017.  Um novo projeto deverá ser apresentado ainda este ano, na expectativa de que esta parceria de sucesso continue e possa render ainda mais frutos em prol da agricultura familiar do Vale do Jequitinhonha.


 Por Fabiana Eugênio e Valmir Macedo

 

 
Seu nome Seu email
Nome do amigo(a) Email do amigo(a)
 
Rua São Pedro, 43 - Campo - CEP: 39.660 - 000
Turmalina - Vale do Jequitinhonha
Minas Gerais - Brasil
(38) 3527 1401/1658
comunicacao@cavjequi.org
Institucional:
webmail
Intranet